31 julho 2016

Diário dos Sonhos #01




Primeiramente para melhor compreensão desse texto é importante saber: 

Paralisia do sono ou Possessão do sono como muitos chamam é simplesmente uma paralisia temporária do corpo que acontece imediatamente ao despertar,você fica incapaz de se movimentar por cerca de 2 a 5 minutos,o indivíduo desperta sua consciência mas não consegue se mexer causando angústia,medo e terror.
Isso acontece quando o cérebro acorda e os músculos não,devido quando a pessoa desperta durante o REM-a fase mais leve do sono.

          Na primeira vez que aconteceu foi muito estranho, eu realmente estava muito vidrada sobre "Paralisia do Sono" e extremamente fascinada com o assunto, não sei se isso contribuiu para algo. Em uma das primeiras vezes se me lembro bem, eu estava deitada( como sempre, na verdade), era muito esquisito e tinha muita dificuldade de mexer, só conseguia mover os olhos, foi quando eu tentei mover a mão com bastante dificuldade mas movi ela repetidas vezes até que consegui despertar, e apesar de que tem grandes probabilidades de ter sido um sonho eu ainda conseguia sentir a sensibilidade da minha mão pelo esforço que eu fiz. Isso aconteceu várias outras vezes, sempre no horário da tarde quando eu dormia. Em alguns eu via coisas no meu quarto, coisas que nunca esteve ali, formas em desenho, boneca, até pessoas apesar de não ser muito claro, via diversos objetos, ouvia barulhos como se tivesse alguém falando mas nunca dava pra identificar o que estavam falando, via coisas ao redor de mim e cantavam uma musiquinha muito estranha, e eu não acredito ser Paralisia do Sono porque eu conseguia mover alguma parte do meu corpo e ao mesmo tempo que era meu quarto, alguma coisa me dizia que não era de verdade, o ar parecia superficial, não era meu quarto de verdade, estava mais para sonho. 
   Pode até ser difícil de acreditar, mas é muito mais estranho que isso. 



Mas eu acredito já ter tido uma Paralisia do Sono, o louco foi que aconteceu exatamente na manhã do primeiro dia de aula, eu soube porque dessa vez eu realmente não consegui mover NENHUMA parte do meu corpo, foi bem desconfortável, eu tava esperando que algo acontecesse, que algo aparecesse ali, uma forma, uma sombra, ou esperava ouvir algo, mas NÃO, eu não tava nem um pouco afim de esperar, pelo o que eu já havia lido, pisquei os olhos repetidas vezes, tentei me mexer até que consegui, a diferença dessa pras outras é que essa eu tinha certeza de que não havia despertado de nada e essa foi a noite, coisa que eu nunca tinha quando era das outras vezes, todas as outras vezes que eu experimentei algo parecido com isso era a tarde, a noite eu tinha meus sonhos "normais" ou as vezes nem sonhava. Verifiquei meu celular eram 03:00 da manhã, e eu tava com medo de dormir e ter isso de novo, e sabia que eu ia acordar 05:00 pra ir pra escola, acreditem ou não fiquei acordada até as 5 porque não queria dormir (rsrs), mas foi a primeira e única vez porque eu nunca mais tive, não assim digamos "no escuro".


Passei por isso algumas vezes mais nas sonecas a tarde, mas depois eu não lembro se foi diminuindo a frequência e passou ou eu apenas deixei de dormir a tarde, não exatamente por medo, dava um pouquinho de medo sim, era um tanto bizarro, mas cara, eu até achava muito interessante e fascinante tanto que eu dormia na esperança de acontecer isso mesmo, mas apesar de que eu meio que ficava cheia de dúvidas, explicarei porque. 

Pois bem, o que acontece...

Para uma pessoa entrar na fase de sonhos precisa de determinado tempo, certo? Você não simplesmente deita, fecha os olhos e pronto, tá sonhando, primeiramente porque se você ficar bem desperta não vai conseguir pegar no sono, você precisa relaxar e tudo mais. 
E em algumas situações, eu deitava, relaxava, ficava um tempo inconsciente, depois eu tinha visão de algo, como se eu estivesse meio desperta mas meio inconsciente eu só conseguia ver algo, não algo em especial, apenas algo, as vezes era preto, as vezes borrado, e não dá pra ter certeza porque era questão de segundos, e sentia algo me levando, me puxando, não algo com mãos me puxando, apenas um sensação estranha, uma sensação de que algo vai acontecer, e de repente um zumbido no ouvido, e BUM, eu estava lá, no meu quarto deitada, dava pra ver que não era TOTALMENTE real porque o ar era estranho, e também porque se fosse real eu me levantaria dali e saia mas eu tinha dificuldade pra me mexer, e diversas vezes aparece coisas, não coisas em especiais, mas as vezes tem vozes, nada coerente, ou objetos e formas se mexendo, eu não tinha medo, não tinha nada de realmente assustador lá, era apenas estranho, eu não me assustava, mas as vezes eu achava que tava tempo demais por lá, ou algo que me assustava aparecia, alguma forma ou sei lá e eu queria sair de lá logo, e então tentava mexer minha mãos repetidas vezes e piscar os olhos, desde criança eu tinha um técnica pra quando eu não gostava de um sonho e queria sair de lá, eu piscava os olhos repetidas vezes ou apenas fechava o mais forte que podia, a maioria das vezes funcionava, atualmente quando eu não gosto de algum sonho e quero sair de lá eu corro e mergulho no chão (ahsuahsuauhsa), é estranho? é. Só que minha mente já sacou a técnica e quando eu faço isso eles me mandam pra outro lugar (rsrs). MALDITOS. 

O coisa é que eu fazia essa técnica de mover a mão mesmo que tivesse que fazer tal esforço pra isso, e despertava, acordava exatamente no meu quarto, só que eu ainda sentia ALGO me puxando, eu sentia que se em vez de levantar eu continuasse deitada ali e fechasse os olhos, eu poderia em questão de segundos voltar pra lá, e olha, é exatamente isso. 
Quando eu acordava realmente no meu quarto, eu tinha um dificuldade pra levantar apesar de que eu conseguia, como se fosse um peso, mas tinha uma certa dificuldade maior que o normal, sentia algo me puxando, e sentia o sono, então eu tinha que fazer um escolha, ou eu levantava de vez e assim eu sabia que se levantasse não poderia mais voltar pra lá na hora, ou eu voltava a deitar fechava os olhos e mergulhava de novo. E é bizarro, porque pra sonhar novamente não é só deitar e pronto, mas nessas circunstâncias, eu deitava e era levada de volta pra lá da mesma maneira EM QUESTÃO DE SEGUNDOS, era apenas eu deitar, fechar os olhos, relaxar um pouquinho, eu sentia isso me levando novamente, um zumbido nos ouvidos e BUM, volto. 

OBS: Essa situação em que eu acordo não se refere a sonho, eu realmente acordo na realidade e depois volto.


E isso acontece várias vezes, desperto e volto, desperto e volto, e quando não quero mais eu levanto da cama e saiu do quarto, certa vez eu não queria mais entrar lá, fui ao banheiro e joguei água na cara pra me livrar daquela sensação de sono. Sinceramente parecia manipulação, pois quando eu despertava me via um sono danado que me fazia ter vontade de relaxar e assim adormecer. 
Eu realmente não sei o que acontece, e pelo o que eu já li nunca ouvi ninguém relatar ou falar sobre algo do tipo, então eu fico com muitas dúvidas sobre o que realmente acontece.

ATUALMENTE

Não direi o porque mas desde sexta tenho estado um tanto tensa e inquieta, e mesmo antes desde que passei a estudar em Tempo Integral não tenho dormido a tarde, mesmo nessas férias, apenas ontem (Sábado) eu dormi a tarde porque tive vontade, não sei se era sono ou a inquietação que eu estava sentindo. Então eu sonhei novamente, sabia que isso era sonho, estava deitada na mesma cama como sempre no mesmo quarto. Até onde eu tive consciência uma sombra  negra estava com a mão em meu pescoço e pressionava-o, eu não podia me mexer, era apenas uma sombra qualquer, e depois seu rosto ganhou forma, tinha barba e era preto e branco, não sei muito bem, ficava falando coisas que parecia mais inglês ( entendo um pouco de inglês) do que português, mas mesmo em inglês não tinha coerência e eu não entendia nada. Depois despertei e foi normal. 

Já hoje( Domingo), dormi novamente a tarde e aconteceu aquelas coisas novamente. Eu sonhei que estava na minha cama, vi coisas, ouvi coisas, como  a mente era minha achei que podia muito bem controlá-la, tentei pensar em uma menina e criar ela ali mesmo que eu não pudesse mexer, e consegui, apareceu uma menina, tentei mudar ela de forma mas não ficou do jeito que eu queria. Ai então despertei e voltei várias vezes.
 Não sei como nem quando mas de repente eu estava em um sonho, meus pais estavam saindo (achei que era real porque meus pais REALMENTE iam sair naquele dia), pedi o celular da minha mãe mas ela não me deu, meu pai saiu meio encapuzado de cinza e correu pra um carro e saíram, só que ai eu pensei "TEM ALGUMA COISA DE ERRADO, ISSO TA MUITO ESTRANHO, MEU PAI TAVA MUITO ESTRANHO PRA SER REAL", foi quando percebi que era um sonho e voltei ao quarto. E eu meio que conseguia ouvir barulho lá da cozinha da minha família, ouvia minha mãe, meu pai e meu irmão mesmo que eu não conseguia saber exatamente o que estavam dizendo e ouvi barulho de sacola também. Despertei e levantei logo apesar de que um pouco pesada e com bastante sono, fui na cozinha e minha mãe estava mexendo realmente numa sacola, deu um laço e pôs em cima da geladeira.
Uma das minhas teorias pra isso ter acontecido recentemente comigo é porque a ansiedade pode ter contribuído pra aquele primeiro "pesadelo" de sábado, e o fato de que eu passei a dormir no período a tarde de repente me fez ter sonhos mais intensos como aconteceu quando eu passei a dormir a tarde, principalmente porque é geralmente depois que eu termino de almoçar, comer comida pesada também faz ter pesadelos.





23 julho 2016

Things in Life



      
         Eu a observava discretamente, tinha meu próprio campo de visão e meu próprio foco. Não sabia se podia confiar em meus olhos, ou se era minha mente me pregando uma peça, mas conseguia ver a perfeição na forma humana e ela estava tão perto.  E eu tinha medo até, medo de conhecê-la e todas as minhas expectativas rolarem abaixo. As vezes eu não sei por que faço certas coisas ou se estou sendo errada em querer tanto entrar no campo de visão de algumas pessoas.


- Poderíamos ser melhores amigas. Tudo bem que você não me conhece, eu também não te conheço e não tenho o direito de te pedir nada, mas vai ser um pouco difícil ir dormir essa noite sem a certeza de que verei essa esfera brilhante e intensa dos seus olhos novamente, e me desculpe se isso soar um pouco estranho, pode parecer um pouco ridículo e sem sentido o que estou te dizendo agora mas o mundo em si nunca fez certo sentido, por que você acha que ele deveria fazer logo agora? Logo agora que estamos tão perto, isso não é justo sabe. Tenho estado tão triste esses últimos meses e isso tá acabando comigo, procurando mentes foragidas do padrão, do padrão de toda essa normalidade exaustiva e olha, consigo ver isso em você. 
Sei que não pareço grande coisa e eu não sou, mas tem coisas na vida em que não podemos simplesmente deixar ir como se fosse nada apenas por causa do que os outros consideram estranho, eu amo o que é estranho, é minha palavra favorita. Não precisamos ser formigas nesse mundo, mas até mesmo as formigas devem ter sua filosofia de vida. E eu realmente gostaria de saber mais de você, seus sonhos, medos, manias, seus filmes, series, poesias, autores e atores favoritos, temos tanto a aprender uma sobre a outra que eu meio que não vejo a hora. 

      É tão difícil pra mim agora, te ver indo embora, sem ao menos saber seu nome. Sem termos trocado nenhuma palavra ou algum contato visual. Mas saiba que coisas como essa são difíceis de se esquecer, mesmo que você não saiba da minha existência.



10 julho 2016

       



          E quando alguém te tratar mal, trate-o bem, ou melhor, trate melhor do que a um amigo. Não se esqueça de que alguém só dar aquilo que tem a oferecer. Como espera que alguém te dê luz se tudo o que ele carrega dentro de si é energia negativa? Não tenha raiva. Mostre o quanto você é melhor do que essas barreiras humanas que separam as pessoas umas das outras. Você tem uma energia positiva e arco-iris dentro de si, dê isso a ele, e talvez aquela energia ruim dentro dele enfraquecerá. 
©
Winter Birds - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Vitória.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo