04 dezembro 2016

Como aprimorar seu Inglês



       Inglês atualmente está sendo meu foco principal, faço tanto por profissionalismo quanto por auto satisfação, há muitas coisas que eu gostaria de fazer que o inglês me permitiria e isso vai desde criação de conteúdo, absorção de conteúdo até me formar nessa área, apesar de que não sei se ainda mudo de ideia daqui para frente.


Imagem relacionada

    A paixão por Inglês começou desde pequena junto com a paixão por música Pop, meu amigo e eu escutávamos com bastante frequência e hoje ele está se formando em inglês. Logo, aprender inglês nunca foi uma tarefa nem nada, apenas algo que eu fazia porque gostava, se bem que eu fazia sem perceber o quanto aprendia, apenas porque gostava e isso ajudou bastante, e é algo que eu nunca precisei me preocupar na escola ou mesmo em tirar notas baixas. 
  Deixarei abaixo alguns métodos que eu usei/uso ou considero útil: 



  •   Música?    Quando eu era mais nova, fazia algo que eu nem mesmo percebia o quanto isso me ajudaria futuramente. 98% das músicas que eu escutava eram em inglês, logo eu tinha uma necessidade especial de saber tudo o que a música falava enquanto eu ouvia sem ter que ficar lendo nada, apenas na mente. Então quando eu queria muito saber o que tal música dizia eu fazia questão de aprender, para que enquanto eu ouvisse soubesse exatamente o que eu estava ouvindo. Isso me ajudou bastante pois eu pude notar a construção das frases e o que elas queriam dizer, você poderia achar confuso pois eu não saberia o que cada palavra queria dizer exatamente, porém quando eu encontrava uma frase que tinha uma palavra em comum com outra música que eu lembrava eu sabia o que aquela palavra em especial significava. Além de que eu também sabia quando uma palavra tinha 2 significados.  Muitas pessoas dizem que ouvir música não te ensina realmente o inglês de forma eficiente se você ficar apenas escutando, e isso é verdade. Mesmo porque se eu tivesse usado isso como método não daria certo, eu desistiria e mesmo se usasse não aprenderia tanto quanto deveria, apenas me ajudou a ter facilidade com as construções das frases e um vocabulário melhor. 
  • Encontre algo de que goste muito e use isso a seu favor: Seja filmes, séries, livros, textos, prosa, poemas, poesias, aquele autor estrangeiro que você gosta, o que for, tudo pode ser aproveitado, em seguida:
  • Passe bastante tempo em contato com o Inglês: Isso é definitivo, nativos ingleses não passam muito tempo estudando gramática nem nada, eles apenas nasceram em um ambiente rodeado pela língua inglesa e naturalmente aprenderam, assim como uma criança aprendendo português. Ouça bastante, compreenda o vocabulário e ouça sabendo o que você está escutando, tudo isso será eficiente, acostume-se com o sotaque e em seguida as palavras ficarão mais claras a seus ouvidos. 
  • Inglês para Crianças: Isso eu procuro bastante. Seja sites, canais do youtube ou até mesmo desenhos animados. Geralmente historinhas com legendas ou desenhos animados em inglês possuem um vocabulário bem fácil e eles falam devagar exatamente por ser para crianças, é bem divertido e proveitoso.
  • Estude a Gramática totalmente em inglês: Gramática também é importante, existe um canal do youtube que eu gosto bastante chamado CROWN ACADEMY OF ENGLISH   que explica direitinho e totalmente em inglês, com vocabulários simples e legendado, mas se sentir dificuldade existem outros sites e também você pode traduzir algumas palavras. 
  • Como Aprender Inglês – O guia definitivo: Aqui está o link do Download de um livro que não te ensina Inglês, porém, te ensina a aprender inglês assim como qualquer outra língua que você esteja interessado. É um livro do Mairo Vergara e foi bastante útil, há diversos métodos e ele te ensina como ser muito mais produtivo nos estudos. 

                Enfim, esperam que tenham aproveitado as dicas! 













10 novembro 2016

Corroída






Socorro! Estou presa em uma sala lotada de pessoas vazias. Eles querem me devorar, ou pior, me tornar igual.
Resultado de imagem para alone in a crowded room

01 novembro 2016

Seja o amor intenso na vida de alguém.





     Seja o amor intenso que você tanto procura. Aqueles dos filmes, puro e vibrante. Os que mais da metade da população anseia, porém ninguém tem coragem de ser-lo. A garota protagonista de sua própria história, de uma personalidade forte e única que conquista o rapaz encantador por causa de sua maluquice e singularidade contagiante. Apenas não se engane em achar que o que eles tem de especial é beleza, porque não é. A sua personalidade é você quem constrói mesmo que inconsciente disso, e a beleza é o que você tem por dentro, isso é certeza, até porque você não quer ser a egocêntrica popular perfeita e infeliz que se sustenta a base do sofrimento alheio, não é mesmo? Por que? Porque essas são feias, mesmo que externamente digam o contrário.
       Então vibre, abrace, beije, dance, diga coisas extremamente românticas e bregas, e viva a sua vida e a daquela outra pessoa como se fossem os últimos, encha suas vidas de alegria, pois essas histórias emocionantes e viventes dos filmes é você quem faz. Pois você sempre espera atitudes assim dos outros, porém não devemos esquecer de que os outros são feitos de nós.
Resultado de imagem para give flower tumblr





28 outubro 2016

Você é esse mar



Você é como esse mar
Às vezes calmo, às vezes turbulento
Salgado, porém prazeroso
E eu? Bem, eu sou apenas eu
Pequena, frágil, que se cativa facilmente
Se cativa com a simplicidade das suas vibrações
A complexidade das suas ondas
E mesmo turbulento, eu dou mais passos a frente
Querendo mergulhar mais profundamente em você
Mesmo sabendo que é perigoso
E que posso me machucar
Mesmo quando suas ondas me batem fortemente
Me pedindo pra recuar
E você tem tão grandes horizontes
E eu sou tão minuscula comparada
Mas continuarei mergulhando em você
Mesmo que eles digam que uma coisa não tem nada a ver com a outra
E que a terra é mais segura
E que lá é o seu lugar
Algumas coisas simplesmente não foram feitas pra combinar ou pra serem iguais
quando ambos tem sintonias complexas,diferentes mas que se completam.
Mas eu não desisto, eu quero estar aqui.
Mesmo que a terra seja mais segura.
Resultado de imagem para sea tumblr

03 outubro 2016

Alright


Por tempos apenas vivi
Deslocada, aparentemente sem rumo
Me perguntando qual seria o motivo de tudo isso
Por que continuar andando
se nunca chego em lugar algum?
Então você apareceu
E me trouxe significado.
Um lar
que eu finalmente pude chamar de meu
Meu, apenas.
Me fez perceber que não preciso ficar sozinha sempre.
Me acomodei no seu abraço. 
E Deus sabe, queria nunca ter saído dele.
Apenas
por
precaução. 
E ficar eternamente acomodada
até que não haja sobras,
apenas o vazio
E ninguém nunca saberá o que houve antes
naquele vácuo
E o valor que tinha.
O que é nada já foi tudo.
E hoje são apenas
lembranças.
E talvez, elas nunca morram.
E eu sinto sua falta,
não apenas de como as coisas eram antes,
mas da sua pessoa,
o ser humano lindo que eu aprendi a amar.
Não sei dizer como
o que antes já foi tão bom hoje causa dor.
As vezes, fica dificil respirar,
como se algo tivesse sido retirado de mim.
Então tento encontrar algo dentro dessa confusão inteira
aqui dentro
e volto a funcionar melhor.
Porque até então tive que voltar a ser inteira
sozinha.

Resultado de imagem para hug tumblr draw

15 agosto 2016

...


Tento frequentemente substituir a dopamina que meu corpo liberava
 por chocolate
 Não funciona perfeitamente, é claro.
 Mas preenche o vazio,
 preenche a sensação ruim, 
faz ser menos doloroso, 
assim consigo converter
 toda aquela sensação ruim em gordura.
Se me sinto muito cheia
quer dizer que está funcionando
 Até que o nada que sempre fui 
seja apenas nada novamente.

31 julho 2016

Diário dos Sonhos #01




Primeiramente para melhor compreensão desse texto é importante saber: 

Paralisia do sono ou Possessão do sono como muitos chamam é simplesmente uma paralisia temporária do corpo que acontece imediatamente ao despertar,você fica incapaz de se movimentar por cerca de 2 a 5 minutos,o indivíduo desperta sua consciência mas não consegue se mexer causando angústia,medo e terror.
Isso acontece quando o cérebro acorda e os músculos não,devido quando a pessoa desperta durante o REM-a fase mais leve do sono.

          Na primeira vez que aconteceu foi muito estranho, eu realmente estava muito vidrada sobre "Paralisia do Sono" e extremamente fascinada com o assunto, não sei se isso contribuiu para algo. Em uma das primeiras vezes se me lembro bem, eu estava deitada( como sempre, na verdade), era muito esquisito e tinha muita dificuldade de mexer, só conseguia mover os olhos, foi quando eu tentei mover a mão com bastante dificuldade mas movi ela repetidas vezes até que consegui despertar, e apesar de que tem grandes probabilidades de ter sido um sonho eu ainda conseguia sentir a sensibilidade da minha mão pelo esforço que eu fiz. Isso aconteceu várias outras vezes, sempre no horário da tarde quando eu dormia. Em alguns eu via coisas no meu quarto, coisas que nunca esteve ali, formas em desenho, boneca, até pessoas apesar de não ser muito claro, via diversos objetos, ouvia barulhos como se tivesse alguém falando mas nunca dava pra identificar o que estavam falando, via coisas ao redor de mim e cantavam uma musiquinha muito estranha, e eu não acredito ser Paralisia do Sono porque eu conseguia mover alguma parte do meu corpo e ao mesmo tempo que era meu quarto, alguma coisa me dizia que não era de verdade, o ar parecia superficial, não era meu quarto de verdade, estava mais para sonho. 
   Pode até ser difícil de acreditar, mas é muito mais estranho que isso. 



Mas eu acredito já ter tido uma Paralisia do Sono, o louco foi que aconteceu exatamente na manhã do primeiro dia de aula, eu soube porque dessa vez eu realmente não consegui mover NENHUMA parte do meu corpo, foi bem desconfortável, eu tava esperando que algo acontecesse, que algo aparecesse ali, uma forma, uma sombra, ou esperava ouvir algo, mas NÃO, eu não tava nem um pouco afim de esperar, pelo o que eu já havia lido, pisquei os olhos repetidas vezes, tentei me mexer até que consegui, a diferença dessa pras outras é que essa eu tinha certeza de que não havia despertado de nada e essa foi a noite, coisa que eu nunca tinha quando era das outras vezes, todas as outras vezes que eu experimentei algo parecido com isso era a tarde, a noite eu tinha meus sonhos "normais" ou as vezes nem sonhava. Verifiquei meu celular eram 03:00 da manhã, e eu tava com medo de dormir e ter isso de novo, e sabia que eu ia acordar 05:00 pra ir pra escola, acreditem ou não fiquei acordada até as 5 porque não queria dormir (rsrs), mas foi a primeira e única vez porque eu nunca mais tive, não assim digamos "no escuro".


Passei por isso algumas vezes mais nas sonecas a tarde, mas depois eu não lembro se foi diminuindo a frequência e passou ou eu apenas deixei de dormir a tarde, não exatamente por medo, dava um pouquinho de medo sim, era um tanto bizarro, mas cara, eu até achava muito interessante e fascinante tanto que eu dormia na esperança de acontecer isso mesmo, mas apesar de que eu meio que ficava cheia de dúvidas, explicarei porque. 

Pois bem, o que acontece...

Para uma pessoa entrar na fase de sonhos precisa de determinado tempo, certo? Você não simplesmente deita, fecha os olhos e pronto, tá sonhando, primeiramente porque se você ficar bem desperta não vai conseguir pegar no sono, você precisa relaxar e tudo mais. 
E em algumas situações, eu deitava, relaxava, ficava um tempo inconsciente, depois eu tinha visão de algo, como se eu estivesse meio desperta mas meio inconsciente eu só conseguia ver algo, não algo em especial, apenas algo, as vezes era preto, as vezes borrado, e não dá pra ter certeza porque era questão de segundos, e sentia algo me levando, me puxando, não algo com mãos me puxando, apenas um sensação estranha, uma sensação de que algo vai acontecer, e de repente um zumbido no ouvido, e BUM, eu estava lá, no meu quarto deitada, dava pra ver que não era TOTALMENTE real porque o ar era estranho, e também porque se fosse real eu me levantaria dali e saia mas eu tinha dificuldade pra me mexer, e diversas vezes aparece coisas, não coisas em especiais, mas as vezes tem vozes, nada coerente, ou objetos e formas se mexendo, eu não tinha medo, não tinha nada de realmente assustador lá, era apenas estranho, eu não me assustava, mas as vezes eu achava que tava tempo demais por lá, ou algo que me assustava aparecia, alguma forma ou sei lá e eu queria sair de lá logo, e então tentava mexer minha mãos repetidas vezes e piscar os olhos, desde criança eu tinha um técnica pra quando eu não gostava de um sonho e queria sair de lá, eu piscava os olhos repetidas vezes ou apenas fechava o mais forte que podia, a maioria das vezes funcionava, atualmente quando eu não gosto de algum sonho e quero sair de lá eu corro e mergulho no chão (ahsuahsuauhsa), é estranho? é. Só que minha mente já sacou a técnica e quando eu faço isso eles me mandam pra outro lugar (rsrs). MALDITOS. 

O coisa é que eu fazia essa técnica de mover a mão mesmo que tivesse que fazer tal esforço pra isso, e despertava, acordava exatamente no meu quarto, só que eu ainda sentia ALGO me puxando, eu sentia que se em vez de levantar eu continuasse deitada ali e fechasse os olhos, eu poderia em questão de segundos voltar pra lá, e olha, é exatamente isso. 
Quando eu acordava realmente no meu quarto, eu tinha um dificuldade pra levantar apesar de que eu conseguia, como se fosse um peso, mas tinha uma certa dificuldade maior que o normal, sentia algo me puxando, e sentia o sono, então eu tinha que fazer um escolha, ou eu levantava de vez e assim eu sabia que se levantasse não poderia mais voltar pra lá na hora, ou eu voltava a deitar fechava os olhos e mergulhava de novo. E é bizarro, porque pra sonhar novamente não é só deitar e pronto, mas nessas circunstâncias, eu deitava e era levada de volta pra lá da mesma maneira EM QUESTÃO DE SEGUNDOS, era apenas eu deitar, fechar os olhos, relaxar um pouquinho, eu sentia isso me levando novamente, um zumbido nos ouvidos e BUM, volto. 

OBS: Essa situação em que eu acordo não se refere a sonho, eu realmente acordo na realidade e depois volto.


E isso acontece várias vezes, desperto e volto, desperto e volto, e quando não quero mais eu levanto da cama e saiu do quarto, certa vez eu não queria mais entrar lá, fui ao banheiro e joguei água na cara pra me livrar daquela sensação de sono. Sinceramente parecia manipulação, pois quando eu despertava me via um sono danado que me fazia ter vontade de relaxar e assim adormecer. 
Eu realmente não sei o que acontece, e pelo o que eu já li nunca ouvi ninguém relatar ou falar sobre algo do tipo, então eu fico com muitas dúvidas sobre o que realmente acontece.

ATUALMENTE

Não direi o porque mas desde sexta tenho estado um tanto tensa e inquieta, e mesmo antes desde que passei a estudar em Tempo Integral não tenho dormido a tarde, mesmo nessas férias, apenas ontem (Sábado) eu dormi a tarde porque tive vontade, não sei se era sono ou a inquietação que eu estava sentindo. Então eu sonhei novamente, sabia que isso era sonho, estava deitada na mesma cama como sempre no mesmo quarto. Até onde eu tive consciência uma sombra  negra estava com a mão em meu pescoço e pressionava-o, eu não podia me mexer, era apenas uma sombra qualquer, e depois seu rosto ganhou forma, tinha barba e era preto e branco, não sei muito bem, ficava falando coisas que parecia mais inglês ( entendo um pouco de inglês) do que português, mas mesmo em inglês não tinha coerência e eu não entendia nada. Depois despertei e foi normal. 

Já hoje( Domingo), dormi novamente a tarde e aconteceu aquelas coisas novamente. Eu sonhei que estava na minha cama, vi coisas, ouvi coisas, como  a mente era minha achei que podia muito bem controlá-la, tentei pensar em uma menina e criar ela ali mesmo que eu não pudesse mexer, e consegui, apareceu uma menina, tentei mudar ela de forma mas não ficou do jeito que eu queria. Ai então despertei e voltei várias vezes.
 Não sei como nem quando mas de repente eu estava em um sonho, meus pais estavam saindo (achei que era real porque meus pais REALMENTE iam sair naquele dia), pedi o celular da minha mãe mas ela não me deu, meu pai saiu meio encapuzado de cinza e correu pra um carro e saíram, só que ai eu pensei "TEM ALGUMA COISA DE ERRADO, ISSO TA MUITO ESTRANHO, MEU PAI TAVA MUITO ESTRANHO PRA SER REAL", foi quando percebi que era um sonho e voltei ao quarto. E eu meio que conseguia ouvir barulho lá da cozinha da minha família, ouvia minha mãe, meu pai e meu irmão mesmo que eu não conseguia saber exatamente o que estavam dizendo e ouvi barulho de sacola também. Despertei e levantei logo apesar de que um pouco pesada e com bastante sono, fui na cozinha e minha mãe estava mexendo realmente numa sacola, deu um laço e pôs em cima da geladeira.
Uma das minhas teorias pra isso ter acontecido recentemente comigo é porque a ansiedade pode ter contribuído pra aquele primeiro "pesadelo" de sábado, e o fato de que eu passei a dormir no período a tarde de repente me fez ter sonhos mais intensos como aconteceu quando eu passei a dormir a tarde, principalmente porque é geralmente depois que eu termino de almoçar, comer comida pesada também faz ter pesadelos.





23 julho 2016

Things in Life



      
         Eu a observava discretamente, tinha meu próprio campo de visão e meu próprio foco. Não sabia se podia confiar em meus olhos, ou se era minha mente me pregando uma peça, mas conseguia ver a perfeição na forma humana e ela estava tão perto.  E eu tinha medo até, medo de conhecê-la e todas as minhas expectativas rolarem abaixo. As vezes eu não sei por que faço certas coisas ou se estou sendo errada em querer tanto entrar no campo de visão de algumas pessoas.


- Poderíamos ser melhores amigas. Tudo bem que você não me conhece, eu também não te conheço e não tenho o direito de te pedir nada, mas vai ser um pouco difícil ir dormir essa noite sem a certeza de que verei essa esfera brilhante e intensa dos seus olhos novamente, e me desculpe se isso soar um pouco estranho, pode parecer um pouco ridículo e sem sentido o que estou te dizendo agora mas o mundo em si nunca fez certo sentido, por que você acha que ele deveria fazer logo agora? Logo agora que estamos tão perto, isso não é justo sabe. Tenho estado tão triste esses últimos meses e isso tá acabando comigo, procurando mentes foragidas do padrão, do padrão de toda essa normalidade exaustiva e olha, consigo ver isso em você. 
Sei que não pareço grande coisa e eu não sou, mas tem coisas na vida em que não podemos simplesmente deixar ir como se fosse nada apenas por causa do que os outros consideram estranho, eu amo o que é estranho, é minha palavra favorita. Não precisamos ser formigas nesse mundo, mas até mesmo as formigas devem ter sua filosofia de vida. E eu realmente gostaria de saber mais de você, seus sonhos, medos, manias, seus filmes, series, poesias, autores e atores favoritos, temos tanto a aprender uma sobre a outra que eu meio que não vejo a hora. 

      É tão difícil pra mim agora, te ver indo embora, sem ao menos saber seu nome. Sem termos trocado nenhuma palavra ou algum contato visual. Mas saiba que coisas como essa são difíceis de se esquecer, mesmo que você não saiba da minha existência.



10 julho 2016

       



          E quando alguém te tratar mal, trate-o bem, ou melhor, trate melhor do que a um amigo. Não se esqueça de que alguém só dar aquilo que tem a oferecer. Como espera que alguém te dê luz se tudo o que ele carrega dentro de si é energia negativa? Não tenha raiva. Mostre o quanto você é melhor do que essas barreiras humanas que separam as pessoas umas das outras. Você tem uma energia positiva e arco-iris dentro de si, dê isso a ele, e talvez aquela energia ruim dentro dele enfraquecerá. 

22 junho 2016

To Neglect

      Ele não se conceituava como permanente, como alguém de um amor só, alguém decidido, de princípios esclarecidos, sem dúvidas, e sem deixar dúvidas. Então todas as vezes que brigavam, ele sempre voltava pra ela, sempre a encontrava novamente, mesmo quando eu pedia aos céus em vão para que seus caminhos nunca mais se cruzassem novamente, para que se por um único e coincidente grande milagre pudesse chegar a minha vez, mas vez em quando podendo levar em conta a pessoa a que estava pedindo era correto afirmar que minhas chances já haviam me abandonado a bastante tempo. 
         Ele decididamente não era alguém de conclusões permanentes, definitivas, estáveis, certas, seguras, firmes, quero dizer, menos comigo, até o meu último e pequeno gole de esperança da minha quase infinita fonte, quando em algum momento em algum lugar da sua mente eu poderia ter passado por ali em um flash rápido de 0,3 segundos. Bem, se você me entendeu, até isso, é certo de dizer que seu desinteresse em mim sim, foi permanente. Foi definitivo, fixo e permanecente, seguro da decisão. Posso dizer, fui a única certeza dele.

19 junho 2016

Uma carta à minha ex-amiga



Meu querido amigo, ou amiga
Não sei bem como te chamar
Me pareces tão abatida
Na verdade, você parece sempre está assim
Que tal um chá com biscoitos?
Me desculpe se isso soar um pouco clichê
É que a criatividade me abandonou
Assim como todos os outros
Acho que é algum tipo de castigo
por ter me comportado mal.
Menos você, você está sempre aqui
Sempre por perto
Parece bem entretida com isso
E no fundo sinto-me agradecida
Fico feliz em saber que se diverte comigo
És tão protetora
que não queres me deixar ir embora
Não me deixa ir brincar com os outros
Eu entendo que me queira só para você
Mas preciso de um pouco de espaço
Ou de um tempo.
Por favor, não se sinta ofendida
Mas é que as coisas vem se tornando difíceis
Não é nada fácil dizer isso mas...
Você tem me causado problemas
Desde que apareceu
Estava tão entretida com sua presença
que não cheguei a notar.
Mas é o que todos dizem
Meus pais estão preocupados 
Dizem que você é má companhia
Meus colegas falam pra me afastar de você
E sinto que todos eles só querem o meu bem
Não quero te magoar, mas não confio em você
Nunca me deixou ver seu rosto
E esse manto com que andas? Por que não o tiras?
És tão misteriosa que chega a dar medo 
Queria dizer que não tem problema, mas..
Não podemos mais ser amigas 
Sinto muito ter deixado essa relação seguir em frente
Mas acho que devia tirar férias, 
se divertir, em algum lugar tranquilo e sozinha
Se é bem que me entende,
não cause mais problemas.
Você é muito melhor do que isso,
cuide um pouco de si mesma.
E experimente cores novas,
o preto já não lhe cai tão bem.
E que tal um vestido?
Aposto que combina com seus olhos,
se algum dia quiser mostrar-los a alguém
Não espero vê-la novamente,
não com esta mesma forma, 
mas se desejar, me encontrará facilmente.
Serei a mesma, apenas um pouco mais aberta.
Creio que sim.
E assim que saíres de minha casa
será quando a vida realmente começará para você.
Fique com meus melhores votos.



- À minha ex-amiga, Solidão.


15 junho 2016

Conheça: Soko



É uma cantora( e a triz) francesa de Rock, Indie e Folk. Já participou de alguns filmes franceses, atualmente possui 3 álbuns é a atual namorada da nossa querida Kristen Stewart (eeeeeeeeeeeeh). 


Atualmente é uma das cantoras que eu mais ouço, apesar de ser meio doidinha - não que isso seja uma característica ruim - eu sou apaixonada por suas musicas e ela possui um estilo próprio que eu amo. E eu gostaria de apresentá-la aqui, pelo fato dela não ser muito conhecida, mas já fez uns showzinhos aqui no Brasil.


Algumas músicas:

(Keaton´s song)


(The Dandy Caowboys)


(We Might Be Dead By Tomorrow)


(First Love Never Die)




Participou de um projeto brasileiro chamado "Na Cozinha ou No Jardim" da Tiê.




   E de um outro projeto onde pessoas que nunca se viram antes beijavam-se, em que também sua música foi trilha sonora.



Então é isso, espero que tenham gostado da indicação. <3

12 junho 2016

Dependência


Quando você se prende
A algo que não é seu
Que não te pertence
Que você não leva consigo 
Você se torna dependente disso
Porque quando vais embora 
E não o pode levar contigo 
Você vai cair 
Vai se desgarrar a força 
E vai te fazer mal 
Como se te faltasse 
Algo que nunca fez parte de ti 
Então quando pensares 
Que estás preste a se amarrar a algo
Não o faças 
Pense duas vezes
Três 
Quatro
Quantas vezes puder 
Antes de fixar 
E não fixe 
Saia, descole, desvie 
Pule fora
E quando descobrir 
Que a única coisa que pode se agarrar
É a si mesma
Que não te decepciona 
Nunca te abandona 
Com quem poderás sempre contar
Então não sofrerá mais com isso. 
Porque quando te agarras a si mesma
Te tornas finalmente livre.

05 junho 2016

Alien


Talvez eu nunca serei tão bonita quanto eles
Chame tanta atenção quanto eles
Nunca seja aceita como eles 
Por que talvez eu não queira ser como eles
Se para isso eu preciso ser igual 
Fico aqui mesmo 
Eu e minhas aberrações
Minhas manias, meus truques, meu desejos 
Meus tão abominados defeitos
Talvez eu seja muito de algo
Ou me falta tanto
Tão intensa, e subestimada 
Mas nunca artificial
Se sinto, é com intensidade
Se não gosto, então não me pertence
Talvez soe confuso
Mas é humano
Tenho certeza disso
Talvez os outros de vocês
Não me ouvirão
tão bem
porque falo um pouco embaralhado 
Meio desordenado
E um pouco baixo 
Bem baixo, na verdade
Mas não é porque quero
As vezes eu tento ser melhor
agir mais como eles
Mas então eu deslizo 
Na minha própria idiotice 
Como uma imbecil
E caiu
Me escondo e choro
Desisto
E de envergonhada 
Não volto mais 
E procuro meu próprio equilíbrio
E se consigo
Posso tentar de novo 
Mas nunca dá certo
Tento ver com outros olhos
Esses devem está com defeito
Pensar de outra forma
Agir com outros modos
Viver em outro corpo
Deus, nada funciona!
Como que se arranca algo
Que está dentro de você?
Me ensine
Talvez eu nunca descubra como.
Talvez eu deva aprender
A conviver com isso
Fazer do ruim algo bom
Fazer do meu bom
O bom para os outros
Pra aprender a conviver com os outros
Preciso aprender a conviver comigo
Me suportar, me aceitar
Aceitar o que é humano
E o que não é
Pois é igualmente natural 
Aceitar o Alien que vive dentro de mim
E viver em paz entre os humanos. 





28 maio 2016

Prisão da Mente

Migrei pra um universo infinito 

É lá onde meus pensamentos pairam
E é lá onde eu os organizo
É um mundinho aparentemente simples
Mas que carrega toda uma complexidade
Que nem mesmo eu posso comandar
As vezes me perco por lá
Só as vezes
Mas meio que virou rotina
Virou necessidade
Até que caiu num vicio
De não querer mais voltar
Pra uma realidade
Que tanto me desmotiva
A continuar participando 
Tanto que me puxam
Pedem pra voltar
E de alguma maneira quero voltar
Mas continuo agarrado a ele
Porque é mais fácil 
De suportar
E me esconder por lá
Quando o que me é dado

Não me satisfaz
E quando eu tiro uma folga
Só me faz querer voltar
Quem vê até diz
Que na verdade é uma prisão
A casa que eu chamo de mente
É a minha prisão particular
Mas como algo me aprisiona
Sem algemas e sem grade?
Se eu posso ir e vir?
Mas que quando me perguntam
Eu digo "Prefiro ficar".


Sites que você precisa conhecer


Se você é blogueiro também, ou escritor, ou apenas escreve por prazer e deseja poder se tornar melhor naquilo que faz. Se não conhece este site, te garanto que vai se apaixonar. 
Para quem tem mais interesse em saber sobre sonhos lúcidos, como eles funcionam e quer aprender a controlá-los ou apenas saber mais sobre isso.


Para quem - assim como eu - é apaixonado por Psicologia mesmo não querendo ingressar nessa faculdade e quer saber mais apenas pelo prazer de estudar. Ou se você pensa em cursar Psicologia, esse é um dos melhores sites sobre que eu conheço.


4_Rainha Vermelha :
Para quem curte ciência, em especial, biologia e outros mais: lhe indico esse.


©
Winter Birds - 2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Amanda Vitória.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo